Yogaterapia

 É o atendimento individualizado utilizando das técnicas do yoga e meditação para promover saúde e qualidade de vida e ou também auxiliar no tratamento de doenças especialmente de desequilíbrios psicológicos e psiquiátricos como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, compulsividade, distúrbios do sono e outros. Além disso o yoga pode auxiliar no gerenciamento do stress da vida moderna, como já bem documento em Sharma, 2014.

 Não é necessário ser flexível ou estar em forma para se beneficiar dessa modalidade de tratamento que pode ser adjuvante aos tratamentos convencionais. 

As práticas consistem em simples posições físicas, exercícios de respiração, técnicas de relaxamento e meditação.  

Como funciona?  

Na primeira sessão é feita uma avaliação da história da pessoa até o momento. As vezes mais de uma sessão é necessária para estabelecer o foco da problemática, estabelecer prioridades e serem definidas quais as melhores técnicas para serem utilizadas em cada caso. Muitas vezes é realizado conjuntamente um trabalho de apoio, aconselhamento psicológico e ou encaminhamento. 

Nas sessões seguintes são prescritas algumas dessas técnicas para serem praticadas diariamente em casa, como uma medicação diária, durante um período normalmente de 40 dias. Durante esse período, a pessoa pratica e aperfeiçoa as técnicas prescritas. Os encontros subsequentes serão marcados de acordo com a necessidade individual. Normalmente os encontros são semanais para que a pessoa compreenda bem os exercícios e sinta-se apoiado na jornada. Ao final dos 40 dias é marcado uma reavaliação para saber como foram os efeitos.  

Um aspecto importante do processo é a responsabilização da pessoa pelo seu próprio processo de cura. 

Embora a yogaterapia ainda seja uma abordagem terapêutica de pouca expressão no Brasil, tem sido utilizado com cada vez maior influência nos Estados Unidos.  

Historicamente a yoga tem sido utilizada como uma prática contemplativa destinada para auto-transformação através da adoção de um estilo de vida disciplinado e espiritualizado. Somente no início do século XX iniciou-se as pesquisas no formato científico ocidental para estudos da utilização da yoga como uma intervenção terapêutica. Os dados das pesquisas tem sido muito promissores e a prática do yoga tem crescido exponencialmente em diversos países. Essa expansão vem acompanhado do crescente número de publicações e pesquisas em yoga com aplicações em diversas condições, especialmente na área da saúde mental. Esses estudos tem demonstrado que além da efetividade terapêutica a yoga tem trazido contribuições para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar em geral.  

Referências:  

Sharma, M. (2014). Yoga as an alternative and complementar approach for stress management: A systematic review. Journal of Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine. 19(1), 59-67