Tantra Yoga

A palavra Tantra se divide em dois radicais: “tan” e “tra”, onde “tan” quer dizer “obscuridade” e “tra” “libertar de”. Tantra é uma ciência prática que tem por objetivo a libertação da submissão à obscuridade, ou seja, quem pratica Tantra tem por objetivo ser mestre de si mesmo, dos seus instintos, ou da sua mente reativa, podendo assim escolher melhor as suas ações ao invés de ser controlado por elas. 

Tantra é um modo de viver desenvolvido por Sada Shiva há aproximadamente 7mil anos, pensado para que usemos toda nossa força mental, para que o ser humano acesse todas as suas capacidades, melhorando assim a vida externa (sua vida, da sua comunidade, do seu planeta) e, consequentemente, a vida interna em todas as suas esferas.

Na época do surgimento do Tantra, os conhecimentos eram passados apenas de forma oral, mas posteriormente, por receio de que essa ciência se perdesse, foram escritos dois livros: Agama Shastra e Nigama Shastra (sobre teoria e prática do Tantra Yoga). Ainda assim, o conhecimento foi distorcido e as práticas modificadas, até o surgimento de Patanjali, 5mil anos depois, que viera a reorganizar e encontrar um novo sistema para as práticas originárias de Shiva. As técnicas e a visão de Universo que Patanjali propôs se chamam hoje Rajah Yoga ou Astaunga Yoga - o Yoga dos oito passos.

 

Fonte: Introdução ao Tantra Yoga, Editora Ananda Marga Yoga e Meditação, Brasília, DF, 2009.